Clássico rebuscado e moderno minimalista: dois extremos em uma casa só.

© Estudi Es Pujol de s’Era

A intervenção foi realizada em um terreno de 19.060 m2 de área, na região de Cap de Barbaria, na zona oeste da ilha de Formentera.

Alguns detalhes significativos do lugar (já existentes antes da intervenção) foram mantidos e potencializados pelo próprio projeto, assim como também o bosque pequeno de pinheiros que localiza-se ao leste da fazenda. E como “atração” principal, a antiga casa de Can Manuel de’n Corda foi mantida com suas características originais, as quais refletem o tipo de arquitetura vernacular desenvolvida em Formentera entre o final do século XVIII e meados do século XIX.

© Estudi Es Pujol de s’Era

A volumetria simples do corpo principal, com uma cobertura duas águas e orientação sudeste, assim como sua implantação na paisagem através das paredes de pedra seca de produção tradicional, destaca a vinculação dessa tipologia de edificação com as explorações agrícolas encontradas na região.

© Estudi Es Pujol de s’Era

Graças ao uso de uma volumetria fragmentada no térreo em uma disposição não ortogonal, conseguiu-se adaptar o projeto à topografia, assim como mantendo intactas as fachadas mais características do modelo arquitetônico. Dessa forma recorre-se às fachadas que originalmente eram cegas e então, materializou-se as novas aberturas que permitem um melhor aproveitamento da luz natural.

Fonte: ArchDaily

 

Fonte: ArchDaily

Apesar de se ter mantido o acesso principal à residência com sua orientação sudeste, a casa dá às costas para a estrada que limita o terreno no seu lado leste, já que esta é bastante movimentada. Assim a ampliação da residência busca as melhores visuais ao noroeste, de onde se tem vista para a ilha Es Vedra.

© Estudi Es Pujol de s’Era

Na casa original foram mantidos os espaços de caráter público (sala de estar, sala de jantar, cozinha e terraços), enquanto que no térreo da ampliação concentram-se os dormitórios, e no pavimento mais alto os espaços de serviço (lavanderia, adega, despensa, etc…) e recintos técnicos.

Da volumetria da ampliação, pode-se notar os visuais que atravessam a edificação original através dos diferentes módulos da geometria ortogonal. Desta “invasão” o mais importante é a transparência que existe no contato entre a ampliação moderna e minimalista e a casa tradicional vernacular e clássica.

© Estudi Es Pujol de s’Era

Quanto à materialidade, a proposta teve como intuito destacar o espaço interior da casa tradicional, onde foram mantidos os acabamentos originais de pedra calcária do lugar, feito com argamassa de cal, revestidos parcialmente por um novo revestimento de painéis verticais brancos que alojam as instalações e a iluminação indireta no espaço de cinco centímetros que os separa. Como mostra a imagem abaixo.

© Estudi Es Pujol de s’Era

No térreo, os pavimentos interiores e exteriores nos terraços são de concreto polido, cujas juntas de dilatação respondem às diretrizes de organização de diferentes módulos.

A cozinha e os banheiros são revestidos com acabamento em microcimento similar ao piso.

© Estudi Es Pujol de s’Era

Na ampliação, os forjados inclinados nos tetos dos quartos foram deixados sem revestimento, em concreto aparente. Também nos dormitórios, as camas, cabeceiras e armários foram executados na obra, como parte da arquitetura.

© Estudi Es Pujol de s’Era

 

© Estudi Es Pujol de s’Era

A escolha do mobiliário inclui o design clássico mediterrâneo, como as poltronas Torres Clavé, ou a luminária cesta de Miquel Milà, do mesmo modo que as cadeiras tradicionais realizadas por artesãos locais e o mobiliário projetado sob medida e realizado, na sua maioria, em madeira de iroko com acabamento natural.

© Estudi Es Pujol de s’Era

FICHA TÉCNICA:

  • Arquitetos:Marià Castelló + Daniel Redolat
  • Ano: 2008
  • Área construída: 595 m²
  • Status: Construído

Equipe:

  1. Arquitetos: Marià Castelló, Daniel Redolat
  2. Equipe de projeto: Marià Castelló, Daniel Redolat
  3. Colaboradores: Marga Ferrer, Agustí Yern, Albert Yern, Sonia Iben Jellal, Ferran Juan, Javier Colomar

Informação Complementar:

  1. Construtora: Construcciones Pep Sala S.L.

 

IMAGENS AMPLIADAS DO PROJETO:

 

Be the first to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *