Quarto Montessoriano para crianças? Entenda!

Olá! ♥

Acredito que toda mãe, assim que descobre a gestação, quer decorar da melhor forma possível o quarto do serzinho que uma hora vai chegar. E, com isso, percebi como as novas mamães tem optado por quartos Montessorianos. Mas vagando pela internet percebi que muitas ainda tem dúvidas com relação ao estilo.

Mas qual é a intenção disso? O que tem de tão especial nessa decoração? Será que é moda?

Então, pensando nisso, resolvi esclarecer aqui do que se trata o estilo Montessoriano de decoração para os quartos de bebês e crianças pequenas.

Acompanhe e inspire-se!

Origem

O Método Montessori é o resultado de pesquisas científicas e empíricas desenvolvidos pela médica e pedagoga Maria Montessori em 1905, na Itália.

É caracterizado por uma ênfase na autonomia, liberdade com limites e respeito pelo desenvolvimento natural das habilidades físicas, sociais e psicológicas da criança.

 

O Método

O método prioriza a auto educação. Ou seja, o quarto deve oferecer elementos – posicionados na altura da criança – que estimulem o desenvolvimento e a autonomia de forma segura para que ela se sinta à vontade para explorar o espaço.

Por isso, ao invés de camas altas, colchões no chão oferecem maior liberdade para os pequenos, que podem deitar e levantar quando quiserem. Os brinquedos devem estar dispostos de forma que a criança possa pegá-los à vontade. Para despertar o interesse e não gerar monotonia, especialistas indicam que eles sejam oferecidos em esquema de rodízio e trocados há cada 15 dias.

Outros elementos importantes na composição do ambiente montessoriano:

Espelho | Para que seu filho possa se reconhecer. Ele deve ser colado em uma placa de MDF ou madeira e preso à parede para evitar que, se quebrar, os pedaços se soltem e machuquem a criança.

Barra afixada na parede | O objetivo é facilitar que a criança fique em pé e comece a andar.

Tapete | Para proporcionar experiências sensoriais para os bebês e delimitar o espaço de brincadeiras para os maiores.

 

SEGURANÇA

Em um ambiente com elementos ao alcance da criança, a principal preocupação dos pais é com a segurança. Então, lá vai o alerta para as precauções que devem ser tomadas:

– Evite móveis ou outros elementos com quinas.

– Não use quadros com vidros. Prefira acrílico.

– Fixe os objetos na parede com fita dupla face. Evite o uso de pregos.

– Tome cuidado com móveis instáveis que possam tombar.

– Esconda e proteja as tomadas.

 

DECORAÇÃO

Invista em uma base neutra com madeira clara e escolha objetos e tecidos em dois tons clarinhos, da sua preferência. Para fugir das cores pastel e da monotonia, você pode escolher um tecido de cor forte para compor o espaço. Ainda pode-se utilizar acessórios decorativos nas paredes. Fique a vontade para testar, mas sem esquecer do propósito do estilo. Veja essa ideia:

  

Be the first to comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *